Homepage  |  Favoritos
Entre em contacto connosco bvbarcelos@iol.pt

Museu dos Bombeiros Vol. Barcelos


O NASCIMENTO DO MUSEU

 

            Não podia esta Associação deixar de possuir um espaço que lhe permitisse reunir, como fiel depositário, os muitos valores que irão certamente fazer recordar eternamente a história de uma Instituição e de Homens que doaram todas as suas condecorações, fotografias e documentos, transmitindo dessa forma à comunidade as ações que praticaram com alma e solidariedade ao longo de muitas décadas em favor da humanidade.

            Este Museu teve duas fases distintas que será bom recordá-las para proporcionar coragem e entusiasmo a outros homens para dessa forma garantirem uma continuidade cada vez mais firme.

 

           

PRIMEIRA FASE:

           

            No ano de 1971, a Direção e Comando numa iniciativa feliz levaram a efeito uma exposição/concurso denominada “O BOMBEIRO VISTO PELA CRIANÇA”.

            Esta homenagem prestada aos bombeiros pelos alunos das escolas do ensino básico (atual 1º ciclo) do concelho de Barcelos, teve lugar de 06 a 16 de janeiro de 1971, durante as comemorações do 87º Aniversário desta Associação.

            Dadas as exíguas instalações do antigo quartel, situado no Largo Dr. José Novais, a exposição foi realizada na Torre de Menagem, no Largo da Porta Nova (mesmo ao lado do antigo quartel).

            Concorreram à exposição cerca de 1200 desenhos, representando os alunos de 59 escolas do concelho.

            Em virtude do êxito desta exposição, a Direção e Comando proporcionou uma nova exposição no ano de 1972 E desta vez o tema foi “O BOMBEIRO VISTO PELO CERAMISTA”.

            A esta exposição, concorreram cerca de 80 ceramistas, tendo sido apresentados 150 trabalhos originais e inéditos no país cujo imaginário de cada ceramista visava os Bombeiros.

 

 

SEGUNDA FASE:

 

            Em 1983, inaugura-se o atual quartel e numa das suas dependências foram expostos os trabalhos que tinham servido as duas exposições anteriores e outro espolio que entretanto já se tinha começado a guardar.

            Havia necessidade de preservar tais trabalhos, assim como iniciar a recolha de documentação de muitos valorosos homens que serviram a causa dos Bombeiros, assim como algum material que fosse possível recolher.

            Foi então proposto à Direção pelo Comandante António Augusto da Silva Costa (o grande impulsionador deste magnifico museu), a construção de raiz do Museu dos Bombeiros Voluntários de Barcelos (no local onde atualmente se encontra).

            A proposta foi aprovada por unanimidade de todos e no ano de 1985, deram-se inicio aos trabalhos e três meses após o seu inicio o Museu era inaugurado.

            Porem, o maior orgulho que a Associação dispõe, para o futuro , é a recordação nele existente de tantos e tantos homens que ali se recordam e que jamais serão esquecidos.

            O Museu tem merecido os maiores elogios por parte de milhares de visitantes, sendo a sua maioria alunos das diversas escolas do concelho e não só.

            Assim se resume a história do nascimento do Museu dos Bombeiros Voluntários de Barcelos.